Postagens

Mostrando postagens de Novembro 20, 2011

Dalai Lama: 'Cultural genocide' behind self-immolations

Imagem
The Dalai Lama has blamed Beijing's "cultural genocide" for a wave of self-immolations among monks and nuns in ethnic Tibetan parts of Sichuan.


The Tibetan spiritual leader, speaking in Japan, said hard-line officials had created a "desperate" situation.


Eleven young Tibetans have set themselves on fire this year in apparent protest against Chinese rule.


The most recent was a nun in Dawu county, who died after setting herself on fire last week.


"Chinese communist propaganda create (a) very rosy picture," the Dalai Lama told journalists in Tokyo.


"But actually, including many Chinese from mainland China who visit Tibet, they all have the impression things are terrible."


"Some kind of policy, some kind of cultural genocide is taking place."
'Moral bottom line'


Most of the incidents have taken place in Aba county, near the Tibetan Kirti monastery. A total of nine monks and two nuns are reported to have set themselves on fire in Sichua…

Mais duas imolações pelo fogo para denunciar a repressão chinesa no Tibete

Imagem
Um dia depois de uma freira budista se ter imolado pelo fogo, e morrido, um activista tibetano recorreu esta sexta-feira à mesma forma de protesto em frente à embaixada da China em Nova Deli.







A polícia impediu que Sherab TseDor, de 25 anos, sofresse mais do que queimaduras superficiais nas pernas. O activista ainda fez passar às autoridades indianas uma nota sobre a repressão chinesa nas zonas de presença tibetana.


Na véspera, no Sudoeste da China, uma freira tornou-se na 11ª pessoa a imolar-se. Qiu Xiang, de 35 anos, incendiou as suas vestes numa estrada de Dawu, na província de Sichuan, noticiou a agência estatal Xinhua, citando o governo local. A freira era da vila de Tongfoshan, adiantou a agência, que afirmou não serem claras as razões da sua acção.


Mas segundo a International Campaign for Tibet (ICT), com sede em Londres, antes de se pegar fogo, “ela lançou um apelo à liberdade religiosa e ao regresso do Dalai Lama [líder espiritual dos tibetanos] ao Tibete”, comentou à AFP Kate S…