Herpes











São lesões localizadas, provocadas pelo vírus da catapora, o herpes vírus, que fica incubado em um músculo do corpo e se manifesta quando há uma queda na resistência imunológica da pessoa.
Os tipos


Existem dois tipos de herpes: o simples, mais comum, que não tem cura e aparece de vez em quando; e o herpes zoster, que só ataca uma vez e imuniza a pessoa;
Ambos causam dor intensa, mas o herpes zoster provoca uma dor desesperadora porque destrói o nervo onde está alojado. Essa dor persiste por meses e até anos porque o nervo demora muito para se regenerar;
O herpes simples é contagioso e geralmente aparece no contorno dos lábios, ao lado da boca, nos órgãos genitais, nádegas e até dentro dos olhos (casos mais raros), podendo levar à cegueira.



Como aparecem



Herpes simples







Dá em surtos, por isso é chamado de gripe da pele, porque vai e volta. Pelo menos 90% da população já teve contato com o vírus da catapora, causador da herpes, que se desenvolve em 40% dos infectados.





Herpes zoster













Acomete nervos e pele, causando dor terrível, de pessoas com baixa imunidade. Geralmente ataca os nervos que ficam entre as costelas (na horizontal) e o nervo trigêneo da face, a partir da orelha. Pode durar de quatro a seis semanas, mas a dor permanece por meses ou anos, quase enlouquecendo a pessoa.




Onde aparece ?


Herpes simples







Contorno dos lábios;
Rosto;
Órgãos genitais;
Nádegas.







Herpes zoster










Nervo trigêmeo, próximo da orelha até a testa;
Abdômen, acompanhando o trajeto do nervo.






(1). Superfície da pele repleta de conjuntos de bolhas vermelhas e infeccionadas
(2). Ramificação de nervos sob a pele, fazendo com que a pessoa sinta a dor também na superfície

(3). Bainha que envolve o conjunto de nervos

(4). Conjunto de nervos sendo atacados pelo Herpes Vírus

(5). Estrutura do nervo repleto de vírus






Evolução





Quando entra na célula do músculo o vírus se reproduz rapidamente, destruindo as fibras nervosas. Os surtos de herpes do tipo simples duram de cinco a sete dias e do tipo Zoster, de 4 a 6 semanas.



Formas de contágio



Beijo







É uma forma de contágio fácil, mesmo que a pessoa não tenha nenhuma ferida aparente, pode ser portadora do vírus, o que é suficiente para infectar o outro, mas não significa que a doença irá se manifestar.





Copo













Beber água no mesmo copo de uma pessoa portadora do vírus também facilita o contágio. A pessoa também pode se contaminar apenas estando em um ambiente onde há alguém com o vírus.






Sol










A radiação dos raios ultra-violeta (UVA e UVB) agem bloqueando a ação das células de defesa do organismo e reduzindo a proteção imunológica. Estresse, fadiga, cigarro, bebida alcólica em excesso e menstruação também baixam a resistência imunológica.





Tratamento









Quando mais cedo se iniciar tratamento, menor a destruição do nervo e menos dor (chamada dor pós-herpética);
O tratamento é feito à base de antivirais, antinflamatórios e analgésicos;
É possível prevenir a doença fortalecendo o sistema imunológico, evitando tomar muito sol e mantendo um estilo de vida saudável (menos estresse, bebida alcoólica, cigarro).










Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Parlendas O que são parlendas, exemplos de parlendas populares, folclore, brincadeiras infantis, versos

COMO É SER AVÓ PELA PRIMEIRA VEZ...

Brincadeiras do Folclore. Principais brincadeiras do folclore brasileiro, jogos folclóricos, brinquedos do folclore

Jerry Lewis - Filme : Bancando a ama seca ( dublado completo )

WALTHON DE ANDRADE GOULART